Naked Cake de Chocolate e Caramelo

27 de Outubro de 2016

Não há aniversário sem bolo, nem aniversário sem reflexão... hoje o blogue faz 5 anos. Este simples facto é quase chocante para mim... como é possível o tempo ter passado tão depressa? Se o blogue faz cinco anos, então foi há cerca de seis anos que descobri que cozinhar era um dos maiores prazeres da vida, foi há seis anos que deixei de ser um desastre na cozinha, para descobrir o quão terapêutico cozinhar podia ser...

E ao longo destes 5 anos nunca pensei ter milhares de pessoas a seguirem-me, a acompanhar as minhas receitas, aventuras, experiências... este percurso trouxe-me tantas coisas boas: novos amigos, novas oportunidades, novas conquistas, que não seriam possíveis sem família por perto, amigos, e sem vocês, que vêem espreitar este cantinho diariamente. Por tudo isso, e muito, muito mais, o meu especial obrigada!

E, como disse inicialmente, não há aniversário sem bolo! Pelo menos não para mim, gulosa por natureza! O bolo tinha que ter chocolate claro, e caramelo (que eu adoro de paixão!) e belas camadas alternadas de bolo e creme, e uma cobertura de chocolate... como se todo o chocolate do mundo não fosse suficiente.


Bolo de Ananás Caramelizado com Baunilha

21 de Outubro de 2016

Diz o ditado que em equipa vencedora não se mexe... e eu não podia estar mais de acordo! Quando fiz este bolo pela primeira vez, em vez de ananás utilizei laranja (Bolo de Laranja Caramelizada), e ficou tão delicioso que na minha cabeça começaram logo a fervilhar outras variações para esta receita! Uma delas foi o ananás e devo dizer que resultou na perfeição... ananás caramelizado com baunilha, uma verdadeira delícia!


Compota de Figos e Vinho do Porto

10 de Outubro de 2016

Felizmente nesta época do ano os figos maduros e sumarentos abundam... juntando o útil ao agradável, quando vi a receita de compota de figos da Joana Roque, soube que tinha de experimentar! A cor da compota era maravilhosa, dourada como o mel, e assim rendi-me à receita... adaptei à quantidade de figos que tinha, ao nosso gosto quanto ao teor de açúcar da mesma e mãos à obra!

O resultado? Uma compota deliciosa (com os melhores figos pingo de mel não podia ser de outra forma!), macia e de sabor intenso a figos, quase um mel... fantástica! Se tiverem bons figos maduros não hesitem a experimentar.

Com esta receita, com estas quantidades, conseguem fazer aproximadamente 2 litros de compota, que deve ficar igualmente deliciosa se, no fim, mesmo antes de colocarem a compota em frascos, lhe adicionarem nozes.


Mini Cheesecakes de Limão e Mirtilos

3 de Outubro de 2016

Nunca tinha experimentado cheesecake cozido, aquele bem tradicional americano, por diversos motivos: antes de mais era mais prático aquele que vai simplesmente ao frigorífico, depois era o problema do banho-Maria no forno, e por último, meti na cabeça, que iria saber muito a queijo!

Escusado será dizer que nenhum destes motivos é válido... isto porque a receita que vos trago hoje é tão (ou mais) prática do que o cheesecake sem forno, não precisa de banho-Maria e não sabe rigorosamente nada a queijo! Além disso é o melhor cheesecake que já comi até hoje! Por isso, aprendam com as minhas parvoíces, e não julgues antes de provares... podes estar simplesmente a privar-te daquela que será uma das tuas receitas (no caso sobremesa!) favoritas!