Bolo-rei de Chocolate (em 5 minutos)

29 de Dezembro de 2016

O bolo-rei é uma presença essencial da mesa de Natal e Ano Novo... e confesso que, noutros anos, tentamos fazer em casa um bolo-rei tradicional, mas não correu bem como queríamos. Por isso, este ano, resolvemos inovar! A receita perfeita para a ocasião estava nos meus favoritos já há algum tempo... um bolo-rei que não precisar de ser levedar ou de amassar, receita da chef Rita Nascimento.

A textura é bem diferente do bolo-rei tradicional, mas o sabor, a intensidade e a rapidez de confecção compensam largamente qualquer diferença que possa existir... provem a aprovem!


Bolo de Chocolate Cremoso

25 de Novembro de 2016

Cá em casa todos adoram chocolate e, claro, bolos de chocolate! E este bolo, além de ter toda a intensidade do chocolate, tem um toque crocante no exterior, e uma espécie de mousse cremosa no interior... recomenda-se que seja consumido ainda morno com chantilly caseiro ou gelado de baunilha! E assim temos mais uma receita perfeita para enfrentar o Inverno rigoroso que se avizinha...


Tortilha de Batata, Cenoura e Cebola

16 de Novembro de 2016

É impressionante a quantidade de receitas que são possíveis de fazer com ovos... se pensarmos bem é possível estarem presentes em todo o tipo de receitas, em todas as categorias e refeições do dia! Desde entradas, pratos principais a sobremesas, acompanham na perfeição carnes, peixes e afins, comem-se de manhã, ao pequeno-almoço, ao almoço, lanche e jantar... enfim, muitas opções!

Ter ovos sempre no frigorífico é uma certeza de que, mesmo que o tempo escasseie, é sempre possível preparar uma refeição simples, rápida e deliciosa... e se for uma tortilha melhor ainda! Isto porque permite "eliminar" os restos no frigorífico, dar-lhes uma nova vida!


Torta de Cenoura

11 de Outubro de 2016

Há duas semanas recebemos um grande carregamento de cenouras cá em casa... foi necessário recorrer ao nosso reportório de receitas para evitar que as cenouras acabassem por se estragar. Uma boa quantidade foi devidamente preparada, cortada e congelada para ser usada mais tarde nas mais variadas receitas: sopas, purés de legumes, ratatouilles, bolos, etc. As restantes serviram de base à sopa para durante toda a semana, a arroz de legumes, a um Bolo de Cenoura e Chocolate para os lanches, e finalmente a uma novidade: uma torta de cenoura!

Eu adoro aquela tradicional torta de laranja... mas confesso que nunca tinha provado de cenoura, apesar de existir uma receita bem velhinha, em páginas amareladas do tempo, no livro de receitas da minha mãe... e estava encontrada a desculpa perfeita para mais uma sobremesa!

À receita original poucas alterações foram introduzidas. Reduzi a quantidade de açúcar por achar a original obscena, e adicionei-lhe o toque quente da canela. Estas alterações revelaram-se cruciais... a torta tem a dose certa de doçura e aquele toque, bem de leve, da canela, que nos aconchega a alma nestes dias frios de inverno que nos acompanham...


Extracto de Baunilha Caseiro

7 de Outubro de 2016

Extracto de baunilha é um dos ingredientes fundamentais cá em casa! É utilizado em inúmeras receitas e, quando dou por ela já consegui esvaziar mais um frasco num ápice... além de ser um produto processado, acaba por fica dispendioso, pelo que decidi pegar em algumas vagens de baunilha, comprar uma garrafa de vodka e tentar fazer o meu próprio extracto. Tenho utilizado este extracto em várias receitas que tenho partilhado convosco: Naked Cake de Chocolate e CarameloBolo de Abacaxi CaramelizadoNaked Cake de Chocolate, Cereja e Framboesa, entre muitas outras!

O pior ao longo de todo o processo é a paciência... esperar pacientemente durante 3 meses que o extracto fique pronto foi um autêntico calvário para mim! Estava tão ansiosa por experimentar que, dia sim dia não, ia espreitar o frasco, ver a evolução da cor e do odor... e quando por fim o experimentei tudo valeu a pena! É evidente que devem começar a prepará-lo com bastante antecedência, mas vale cada minuto de espera!

À medida que se for consumindo podem ir adicionando mais vodka. E, se utilizarem as sementes de alguma vagem de baunilha, não inutilizem a vagem em si, coloquem-na na garrafa para terem um stock continuo. O extracto estará pronto a consumir ao fim de cerca de 3 meses, quando tiver um cheiro e sabor intenso a baunilha!

Todavia sempre que tiverem vagens de baunilha podem adicioná-las ao extracto, e ir acrescentando vodka à medida que forem precisando. Não deitem fora vagens a que retiraram as sementes! Coloquem-nas na garrafa do vosso extracto e aproveitem ao máximo as suas propriedades.


Tarte de Courgette, Bacon e 3 Queijos

3 de Novembro de 2016

Todos os dias grandes quantidades de alimentos, que podiam ter sido consumidos, são desperdiçados. Estima-se que 1.300* milhões de toneladas de alimentos por ano sejam desperdiçados... esta quantidade de alimentos seria suficiente para alimentar 3.000* milhões de pessoas e, se vos disser que cerca de 42%* desse desperdício verifica-se ao nível familiar, nas nossas próprias casas, mais chocantes se tornam estes dados...

Este é um problema demasiado sério para ser ignorado. Quer a nível dos recursos naturais, e da sua escassez, quer a nível humanitário... há pessoas a morrerem de fome um pouco por todo o mundo! No entanto 1.3000 milhões de toneladas de alimentos são desperdiçados por ano! São dados que dão que pensar... é necessário reverter estes dados, é urgente cada um de nós, nas suas casas, fazer a diferença, e lutar para que não haja desperdício.

Tudo pode ser aproveitado, a tudo podemos dar um destino melhor. A receita de hoje vem nesse sentido. Havia uma embalagem de massa folhada no frigorífico (com a validade expirada há dois ou três dias, em perfeitas condições de ser consumida portanto!), três pedaços de queijos diferentes, um pedaço de bacon (que sobrou de um cozido à portuguesa), e duas courgettes.

As tartes são a solução para tudo! Seja para refeições rápidas, seja para marmitas, seja para aproveitamentos. Junte a uma tarte caseira uma tigela de sopa, uma salada e tem uma refeição pronta, evitando-se assim o desperdício, fazendo assim a diferença...

* Fonte: Lost food, wasted resources (2012)


Pãezinhos de Deus

1 de Novembro de 2016

Adoro fazer pão... é um processo quase terapêutico, exige tempo, paciência, amor e dedicação da nossa parte, e enaltece o meu ego... o cheiro à levedura, a massa elástica e macia... um processo incrível! Tenho pena do tempo ser escasso, caso contrário haveria todas as semanas pão caseiro cá em casa, quentinho, acabado de sair do forno!

Foi nesse sentido que aceitei o desafio deste mês, uma receita de pão doce! Para mim não há melhor pão doce em Portugal do que o Pão de Deus, quem nunca o provou nas feiras da terra, nos santos populares, em feiras e encontros gastronómicos? São deliciosos... e bem simples de fazer em casa, no conforto do lar. Assim sendo coloquei mãos à obra e eis uns deliciosos pãezinhos de Deus, com uma cobertura bem generosa de coco... simplesmente perfeitos!

Estes pãezinhos são deliciosos simples ou acompanhados de compota... pessoalmente eu gosto de os abrir ao meio, comer a parte de cima simples, e barrar a parte de baixo com compota... sim, sou bastante gulosa! Recomendo vivamente algumas receitas de compota que podem encontrar aqui no blogue, como a Compota de Figos ou a Compota de Frutos Vermelhos.


Naked Cake de Chocolate e Caramelo

27 de Outubro de 2016

Não há aniversário sem bolo, nem aniversário sem reflexão... hoje o blogue faz 5 anos. Este simples facto é quase chocante para mim... como é possível o tempo ter passado tão depressa? Se o blogue faz cinco anos, então foi há cerca de seis anos que descobri que cozinhar era um dos maiores prazeres da vida, foi há seis anos que deixei de ser um desastre na cozinha, para descobrir o quão terapêutico cozinhar podia ser...

E ao longo destes 5 anos nunca pensei ter milhares de pessoas a seguirem-me, a acompanhar as minhas receitas, aventuras, experiências... este percurso trouxe-me tantas coisas boas: novos amigos, novas oportunidades, novas conquistas, que não seriam possíveis sem família por perto, amigos, e sem vocês, que vêem espreitar este cantinho diariamente. Por tudo isso, e muito, muito mais, o meu especial obrigada!

E, como disse inicialmente, não há aniversário sem bolo! Pelo menos não para mim, gulosa por natureza! O bolo tinha que ter chocolate claro, e caramelo (que eu adoro de paixão!) e belas camadas alternadas de bolo e creme, e uma cobertura de chocolate... como se todo o chocolate do mundo não fosse suficiente.


Bolo de Ananás Caramelizado com Baunilha

21 de Outubro de 2016

Diz o ditado que em equipa vencedora não se mexe... e eu não podia estar mais de acordo! Quando fiz este bolo pela primeira vez, em vez de ananás utilizei laranja (Bolo de Laranja Caramelizada), e ficou tão delicioso que na minha cabeça começaram logo a fervilhar outras variações para esta receita! Uma delas foi o ananás e devo dizer que resultou na perfeição... ananás caramelizado com baunilha, uma verdadeira delícia!


Compota de Figos e Vinho do Porto

10 de Outubro de 2016

Felizmente nesta época do ano os figos maduros e sumarentos abundam... juntando o útil ao agradável, quando vi a receita de compota de figos da Joana Roque, soube que tinha de experimentar! A cor da compota era maravilhosa, dourada como o mel, e assim rendi-me à receita... adaptei à quantidade de figos que tinha, ao nosso gosto quanto ao teor de açúcar da mesma e mãos à obra!

O resultado? Uma compota deliciosa (com os melhores figos pingo de mel não podia ser de outra forma!), macia e de sabor intenso a figos, quase um mel... fantástica! Se tiverem bons figos maduros não hesitem a experimentar.

Com esta receita, com estas quantidades, conseguem fazer aproximadamente 2 litros de compota, que deve ficar igualmente deliciosa se, no fim, mesmo antes de colocarem a compota em frascos, lhe adicionarem nozes.


Mini Cheesecakes de Limão e Mirtilos

3 de Outubro de 2016

Nunca tinha experimentado cheesecake cozido, aquele bem tradicional americano, por diversos motivos: antes de mais era mais prático aquele que vai simplesmente ao frigorífico, depois era o problema do banho-Maria no forno, e por último, meti na cabeça, que iria saber muito a queijo!

Escusado será dizer que nenhum destes motivos é válido... isto porque a receita que vos trago hoje é tão (ou mais) prática do que o cheesecake sem forno, não precisa de banho-Maria e não sabe rigorosamente nada a queijo! Além disso é o melhor cheesecake que já comi até hoje! Por isso, aprendam com as minhas parvoíces, e não julgues antes de provares... podes estar simplesmente a privar-te daquela que será uma das tuas receitas (no caso sobremesa!) favoritas!


Cervejaria 100 Montaditos ● Arrábida Shopping

28 de Setembro de 2016

Confesso que não sou grande apreciadora do conceito espanhol de tapas e afins, por isso as minhas expectativas ao entrar na famosa Cervejaria 100 Montaditos para almoçar não eram elevadas!


O espaço é grande e muito bem decorado, com mesas e bancos de vários tamanhos, candeeiros rústicos suspensos e várias molduras nas paredes por todo o lado.



Os 100 Montaditos encontram-se num local privilegiado, tendo uma vista maravilhosa sobre as cidades de Gaia e Porto, da varanda do Arrábida Shopping.

Tarte de Oreo Golden e Morangos

23 de Setembro de 2016

Recentemente comprei uma forma rectangular, não muito grande, que já utilizei para outra sobremesa também, uma Tarte de Oreo com Morangos. Esta forma é simplesmente perfeita... serve sensivelmente 4 a 6 pessoas por isso, cá em casa, dá perfeitamente para nós... e o seu tamanho serve de desculpa para fazer sempre mais uma tarte, mais uma, mais uma!

Desta vez experimentei fazer um creme com mascarpone, um queijo que aprecio bastante em salgados, mas que nunca tinha experimentado em doces, com receio de que ficasse com um sabor demasiado intenso a queijo... esse receio era totalmente infundado! O recheio fica leve, cremoso e muito saboroso, recomendo vivamente! Esta tarte é perfeita para nos despedirmos do Verão, porque não há nada melhor que aproveitarmos as frutas da época e a companhia de família e amigos, e de uma boa fatia de tarte!


Salada de Fusilli com Atum e Tomate

21 de Setembro de 2016

Quando o nosso trabalho é exigente, quando nos faz viajar e alterar os nossos horários de refeições, torna-se ainda mais importante comer bem, saber aquilo que comemos e como foi confeccionado! Assim sendo e, apesar dos tempo nos fugir pelos dedos, é fundamental andarmos de marmita atrás de nós, de preferência uma marmita fácil, saudável e económica.

Nada me soa mais prático do que uma salada de massa, que se pode comer fria ou quente, a que podemos juntar mil e um ingredientes, aproveitar sobras no frigorífico, ou aqueles legumes de época que imploram por serem consumidos... esta é uma das minhas versões favoritas (confesso que apenas recentemente experimentei massa com atum, nesta versão, e fiquei fã!), com atum ao natural, tomates frescos, queijo cremoso de sabor intenso e aromático, que só a Saloio nos sabe dar... o toque perfeito para a minha marmita!


Pizza de Fiambre e Cogumelos (base de claras)

19 de Setembro de 2016

As claras acumulam-se no congelador de forma quase incontrolável... e servem sempre de desculpa para experimentar uma ou outra receita nova, diferente, inovadora... apenas porque, como disse, é necessário gastar as claras. Esta pizza veio nesse seguimento... domingo à tarde bate uma vontade louca de comer pizza! Fazer a massa estava fora de questão, precisava de algo mais rápido e prático. Recorri à minha infindável lista de inspirações e encontrei a receita perfeita, saída do blogue Lemonaid, que adaptei aos ingredientes que tinha em casa e à qual dei o toque pessoal.

O resultado? Uma pizza deliciosa, leve, nutritiva e saciante, que se faz em 5 minutos... perfeita para terminar a semana em grande.


Bolo de Laranja Caramelizada

14 de Setembro de 2016

É muito bom estar de volta ao blogue, à cozinha, às receitas e experiência, àquilo que me faz feliz... é bom ter mais pessoas para quem cozinhar, mais receitas para testar, mais movimento cá em casa... é quase tão bom quanto este bolo de laranja, que desapareceu em minutos! Peguei numa receita base antiga e fiz algumas adaptações, mas nunca pensei que ficasse tão bom... agora resta-me experimentar outras variações porque, como se costuma dizer, em equipa vencedora não se mexe!

Para me ajudar tive uma incrível mandolina da prestigiada marca Borner que, para quem ainda não conhece, é uma marca reconhecida a nível mundial no que toca à comercialização de cortadores de legumes. De tecnologia alemã, a qualidade, segurança e ergonomia dos produtos que comercializa, fazem destes um sucesso desde há mais de 20 anos em Portugal.

O meu trabalho para fatiar as laranjas em finas rodelas ficou bem facilitado... tenho a certeza de que esta mandolina será muito útil daqui em diante nas mais variadas receitas! E desengane-se quem pense que este cortador de legumes apenas lamina... aguardem pelas cenas dos próximos episódios.


Amêndoas Torradas

O meu pai tem hipertensão e alguns problemas cardíacos pelo que o sal é quase proibido na alimentação dele. Evitámos ao máximo dar-lhe refeições com sal... e por isso as ervas aromáticas dominam o tempero  dos pratos! Mas é óbvio que de vez em quando ele gosta de pecar, dias não são dias e quando a vontade aperta tem que ser!

Ao fim-de-semana os almoços são mais demorados, mais preguiçosos... estamos todos reunidos e é natural tomarmos um aperitivo antes do almoço, acompanhado de alguns petiscos e snacks... mas os snacks por norma são salgados. É muito difícil encontrar aperitivos sem sal, por isso costumo pelar e torrar amêndoas especialmente para ele! São deliciosas, crocantes e de sabor intenso e substituem na perfeição os aperitivos salgados, calóricos e nada saudáveis...


Bolo de Iogurte e Chocolate

Esta semana começa com uma sugestão de um bolo bem simples e clássico: o bolo de iogurte. Esta receita é como tantas outras, uma receita de família: da avó, de uma tia ou da mãe, que utiliza o copo vazio do iogurte como medida para a felicidade... a uma receita clássica fiz apenas duas adaptações: utilizei um iogurte grego (e o seu copo como medida) e adicionei pepitas de chocolate negra para dar um toque extra.

Adoro este género de bolos: simples, rápidos e fáceis, perfeitos para comer durante a semana, perfeitos para o pequeno-almoço, um lanche ou um snack. Prático para cortar e levar na mala para comer durante o dia, ou para um chá da tarde...


Giveaway - Gelados Caseiros - Resultados

O Verão chegou finalmente... com dias solarengos e muito calor (pelo menos assim espero!), mas também com novidades fresquinhas da Editorial Presença... desta vez com Gelados Caseiros, pelas mãos de fada de Linda Lomelino, autora do famoso blogue Call Me Cupcake! Linda estou cinema, fotografia, inglês e cinema, e gere agora a sua própria empresa onde concilia a sua paixão pelos bolos e pela fotografia.

Gelados Caseiros é uma verdadeiro guia de sobremesas doces, cremosas, frias, saborosas e caseiras. Os gelados de Linda são tão atractivos e deliciosos que quase os sentimos a derreter na língua enquanto lemos cada receita e nos deliciamos com as suas fabulosas fotografias! Com este livro vai a prender a fazer gelados cremosos, sorvetes refrescantes e outras sobremesas geladas, além de bolos gelados, floats, molhos, suspiros e outras coberturas...


Para comemorar a chegada do Verão o blogue, em parceria com a Editorial Presença, sorteou um exemplar do livro Gelados Caseiros e chegou a hora de conhecermos o vencedora deste livro incrível...

Pães com Chouriço

Além dos motivos óbvios que me fazem adorar o Verão, existem os santos populares... as marchas, os balões de S. João pelo ar, o fogo de artifício, os pães com chouriço e as farturas recheadas, os churros, os bolinhos de amor e outros miminhos que apenas esta época do ano nos trás...

Num talho aqui perto de casa há um chouriço de colorau que eu, que nem sou grande apreciadora de charcutaria e enchidos, adoro de paixão! Por isso, e com vontade de experimentar uma receita antiga que andava cá por casa, acorri ao talho onde gentilmente me preparam os chouriços para esta iguaria. Já os trouxe sem pele, cortados em tiras finas, prontos a rechear estes pãezinhos maravilhosos com o chouriço.

Estes pães estão mais do que aprovados claro! Como se costuma dizer, "uma imagem vale mais que mil palavras"... são muito fáceis de fazer... principalmente se fizerem a massa, que fica fantástica, num robot de cozinha ou na Bimby, mesmo com aquele saborzinho dos pães com chouriço que se compram nas festas dos santos populares!


Frittata (ou Tortilha) Italiana

Ando sempre em busca de receitas para puder aproveitar as claras que se acumulam cá em casa... e já existem várias receitas que eu adoro e que já partilhei no blogue como, por exemplo, Bolo Tigre, Mousse de Chocolate, Pavlova de Morangos, Marshmallows sem Açúcar, Charlotte de Chocolate, etc. Mas ultimamente tenho usado e abusado de uma receita que ainda não tinha partilhado... uma tortilha, feita com claras e ovos, que fica simplesmente maravilhosa!

Esta tortilha pode servir de base para várias refeições de marmita, porque se come muito bem quente ou fria, e podem aproveitar inúmeros ingredientes que tenham no frigorífico! Vários tipos de legumes (courgette, couve-coração, cenoura, milho, cogumelos, etc.), carnes (frango desfiado, carne picada, bacon, chouriço, etc.) ou peixes (delícias do mar, atum, etc.) e criar a vossa própria tortilha... ficará igualmente deliciosa e vai-vos permitir reduzir o desperdício certamente.

Sem dúvida uma das minhas receitas favoritas do momento, esta versão italiana fica fenomenal... de sabor fresco e intenso, macia e húmida, é a refeição perfeita para levar comigo para o trabalho. A melhor parte é que fica pronta num instante e podem comê-la quente ou fria!


Cuore di Pasta ● Boavista

Nos meses de Abril e Maio fiz uma formação na Boavista e foi nessa altura que conheci este espaço... que é simplesmente maravilhoso, e que quase passa despercebido no meio dos prédios! No exterior existe uma grande esplanada, composta por várias mesas rectangulares e grandes guarda-sóis enormes que permitem aproveitar ao máximo o bom tempo, os tão esperados dias de sol e calor, enquanto tomamos o pequeno-almoço, almoço ou lanche! E que deve ser fantástica para jantares de Verão também...


O interior é simplesmente encantador... possui várias oliveiras espalhadas pelo espaço, vasos com manjericão fresco para que as pessoas possam intensificar a sua refeição, bancos altos, cadeiras, sofás... enfim, um espaço grande, encantador e mesmo assim muito aconchegante, que nos transmite uma enorme sensação de paz e tranquilidade! O facto de ser todo em vidro faz com que a luz ambiente seja fantástica e o nosso último desejo é ter que ir embora... faz-nos querer ficar e voltar.


Giveaway - Gelados Caseiros, de Linda Lomelino

O Verão chegou finalmente... com dias solarengos e muito calor (pelo menos assim espero!), mas também com novidades fresquinhas da Editorial Presença... desta vez com Gelados Caseiros, pelas mãos de fada de Linda Lomelino, autora do famoso blogue Call Me Cupcake! Linda estou cinema, fotografia, inglês e cinema, e gere agora a sua própria empresa onde concilia a sua paixão pelos bolos e pela fotografia.

Gelados Caseiros é uma verdadeiro guia de sobremesas doces, cremosas, frias, saborosas e caseiras. Os gelados de Linda são tão atractivos e deliciosos que quase os sentimos a derreter na língua enquanto lemos cada receita e nos deliciamos com as suas fabulosas fotografias! Com este livro vai a prender a fazer gelados cremosos, sorvetes refrescantes e outras sobremesas geladas, além de bolos gelados, floats, molhos, suspiros e outras coberturas...


Gelados Caseiros

Autora: Linda Lomelino
Título Original: Lomelinos Glass
Tema: Culinária e Vinhos
Tradução: Eduarda Vasconcelos
P.V.P.: 14,90€
ISBN: 978-972-23-5745-6
Páginas: 112

Para comemorar o Verão e brindar com Gelados Caseiros e refrescantes irei, em parceria com a Editorial Presença, oferecer-vos um exemplar deste livro maravilhoso!

Tarte de Peru e Legumes

De aspecto rústico e tosco esta tarte é daquelas que, por ventura, olhamos e ninguém dá 5 centavos por ela... mas posso garantir-vos que, além de (relativamente) saudável é deliciosa! Esta tarte é feita com ingredientes que temos facilmente à mão: peru e legumes, obtendo-se uma tarte bem diferente, de sabor intenso e o toque crocante da massa folhada... vale a pena experimentar!


Frappucino de Oreo

O Starbucks é um clássico que vemos sempre nos filmes americanos... grandes copos de cafés quentes ou frio, nas mais variadas combinações e sabores! Recordo-me de, ano passado, estar no aeroporto em Lisboa e existir lá uma loja destas, e de os preços me chocarem... pagarmos mais de 5€ por um frappuccino fez o meu queixo cair confesso!

Recentemente, resolvi pesquisar um bocadinho, descobrir quais os ingredientes base desta bebida bem fresquinha.. não podia ser mais simples! Café, leite e gelo pareceu-me ser a base, então decidi colocar as mãos à obra, criando a minha versão de um frappuccino bem guloso (reeducação alimentar à parte!) e bem mais económico... a minha versão em vez de gelo tem uma banana congelada, cortada em pedaçinhos, e gelado de baunilha, para aquela gulosice extra.

Esta receita é perfeita para duas pessoas e o custo total deve rondar os 3€... como podem ver fica bem mais em conta e, quando fazemos as coisas em casa, podemos dar-nos ao luxo de criar as nossas versões, de personalizar as coisas ao nosso gosto... haverá algo melhor?!


Salame de Chocolate e Amêndoa

Aqui há dias o meu pai ficou com desejos... apetecia-lhe salame! Ora essa é uma receita clássica, bem tradicional e fácil de fazer, por isso rapidamente é possível satisfazer esses desejos súbitos! Pessoalmente não sou a maior fã de salame, pelo menos do convencional, em que se sentem aqueles grãos de açúcar... por isso adaptei a receita cá de casa, substituindo o açúcar por açúcar em pó, e adicionando à massa amêndoas torradas, que eu adoro de paixão!

O resultado?! Um salame de chocolate sensacional, muito simples e prático de fazer, que desapareceu rapidamente e que, para mim, terá sempre um gostinho de infância. Esta receita rende um salame generoso (apenas metade chegou vivo para contar a história das fotografias...) e vai deixar-vos a lamber os dedos, prometo...


Marshmallows sem Açúcar

No primeiro dia de Junho celebra-se o Dia Mundial da Criança... e o grupo Dia Um na Cozinha não podia deixar esta data passar em branco, tínhamos que comemorar de uma forma muito especial... desta feita com uma guloseima apreciada por miúdos e graúdos, a que ninguém diz que não... gomas!

Confesso que não sou grande apreciadora, nem o era em criança. Isto porque sou muito sensível à acidez e, infelizmente, a maioria das gomas são ácidas, por isso só conseguia comer (sem fazer caretas!) as gomas bem doces, que ainda hoje como de longe a longe. Mas, dentro desta categoria, devo dizer que adoro marshmallows... e por isso resolvi trazer hoje uma versão alternativa, marshmallows que vão puder dar às vossas crianças (e aos adultos também!) sem qualquer peso de consciência porque estes não contém açúcar!

Estes marshmallows são feitos à base de claras (permitindo aproveitar as claras congeladas, que vão sobrando de outras sobremesas) mas em vez de açúcar utilizei a goma xantana como agente espessante, e adicionei um pouco de stevia para adoçar. O açúcar em pó é opcional, e serve apenas para evitar que os nossos marshamallows sejam tão peganhentos por assim dizer... mas essa preocupação é vã, porque eles vão desaparecer em três tempos...

Quanto à gelatina, podem usar qualquer sabor da vossa preferência... eu optei pela amora, mas qualquer sabor ficará igualmente delicioso: mirtilos, frutos vermelhos, ananás, coca-cola, etc.


O Forno ● Coimbrões

A francesinha é um prato típico da cidade do Porto... mas por vezes encontrar uma boa francesinha, daquelas que vale mesmo a pena, é muito difícil, mesmo para quem vive no Porto!

Assim sendo decidi consultar a aplicação da Zomato, para ver as opiniões dos utilizadores e tentar descobrir algum recanto especial para degustarmos esta iguaria... foi assim que descobri O Forno, um restaurante de cozinha portuguesa bem perto de casa... para quem não conhece a zona pode ser difícil encontrar este restaurante, por isso recomendo que recorram ao GPS. O estacionamento é bastante fácil de encontrar, principalmente se enveredarem pelas ruas laterais.


O espaço é pequeno e acolhedor, e recomendo que façam marcação antes devido à elevada procura, para evitar que tenham que dar meia volta e procurar outro sítio para almoçar/jantar. Viemos a este restaurante num feriado, para um almoço bem reconfortante, e o tempo de espera foi bem curto, esperamos cerca de 20 minutos por três francesinhas em forno a lenha.


Paté de Requeijão, Tomilho e Tomates Secos

Tinha um requeijão no frigorífico a aproximar-se do fim do prazo de validade e, apesar de adorar requeijão com palitos de pepino e orégãos, apetecia-me algo especial... algo diferente do habitual, para quebrar a "rotina". Gosto imenso daqueles queijos frescos com alho e ervas aromáticas, por isso decidi fazer a minha versão caseira, sem corantes ou conservantes, que ficou tão boa que eu não consegui controlar-me e tive que vir a correr partilhar convosco a receita!

Os ingredientes são muito simples e fáceis de encontrar... e, se quiserem experimentar este paté, não dispensem os tomates secos ao sol (que podem encontrar na mesma secção que os tomates enlatados e a polpa de tomate) porque fazem realmente a diferença!

Acreditem que o aspecto deste paté não lhe faz jus... ele é simplesmente delicioso, confecciona-se em menos de 5 minutos e desaparece num instante... enfim, é perfeito para almoços e jantares, ou até mesmo para um lanche mais descontraído. Foi assim que eles rapidamente desapareceram... ao lanche, enquanto via vídeos no Youtube e comia, comia, comia...


Naked Cake de Chocolate, Cereja e Framboesa

Este ano o World Baking Day celebra-se a 17 de Maio e, como não podia deixar de ser, esta data não podia passar em branco aqui no blogue... quem me conhece sabe que eu adoro cozinhar, mas a minha paixão são as sobremesas, e esta é a desculpa perfeita para mais um bolinho!

Desta vez optei por um bolo em altura muito simples. Um bolo de chocolate, uma receita já conhecida cá do blogue, adaptada do Bolo Floresta Negra, com um leve e fresco recheio de queijo mascarpone e cereja, e uma cobertura brilhante de framboesa... uma combinação fantástica para celebrar com aqueles de quem mais gostamos.

Porque o espírito do World Baking Day é precisamente esse!  É nos unirmos, em volta dos tachos e panelas para criar algo especial para aqueles que amamos, daqueles que tornam as nossas vidas mais fáceis e mil vezes mais especiais e interessantes... por isso levantam-se, coloquem o avental e partam à descoberta de novos sabores, de novas combinações, coloquem nelas todo o vosso amor e, acima de tudo, divirtam-se a fazê-lo!

Usufrua de 10% de desconto em qualquer compra no site da Dulcis ao inserir o código BARCAR154 no campo "aplicar cupão", antes de finalizar a sua compra.


Bolo de Maracujá e Manga

Há receitas verdadeiramente vencedoras... que nos fazem suspirar, que são deliciosas e reconfortantes e que merecem ser adaptadas, ter novas variantes. Foi o caso deste Bolo de Limão que fiz há uns meses, e foi um verdadeiro sucesso!

Quanto há maracujás com fartura, cá em casa gostamos de lhes retirar a polpa, colocá-la em garrafas plásticas e guardar assim alguns no congelador. Depois, sempre que a vontade aperta, basta descongelar e fazer um sumo delicioso... mas desta vez a polpa de maracujá foi utilizada para este bolo. Um bolo mais exótico, mais intenso, mas igualmente delicioso... super fofinho, húmido e doce, com uma cobertura vibrante, intensa e ácida. A combinação perfeita!


Sumo Detox de Maracujá, Kiwi e Espinafres

Acho que podemos dizer que os sumos detox são completamente na moda! E a verdade é que muitas pessoas já se renderam aos benefícios que estes sumos trazem ao nosso organismo... confesso que sou adepta destes sumos por serem nutritivos e deliciosos, mas não como substitutos de refeição. Por isso, costumo fazê-los apenas para acompanhar o pequeno-almoço, ou para um lanche mais tardio.

Faço várias experiências e combinações de sabores, frutas e legumes, e apenas trago ao blogue aqueles que mais gosto, que mais me surpreenderam! E este foi um deles, o sabor ficou fantástico, a combinação é sem dúvida vencedor e, precisamente por isso, não podia deixar de a partilhar convosco!


Taberna 15 ● Leça da Palmeira

A Taberna 15 é um espaço relativamente recente situado em Leça da Palmeira, do qual já tinha ouvido falar aqui e ali, e cujas tapas de francesinha me ficaram debaixo de olho mal as vi na aplicação da Zomato. Por isso, visitar este espaço, era no fundo inevitável...



O espaço fica num lugar privilegiado, bem perto da marginal, se bem que um pouco escondido. O interior é bastante agradável, pitoresco e acolhedor, com uma decoração rústica, tipicamente portuguesa. A iluminação do espaço é média e a música ambiente muito agradável.



Bolo de Bolacha com Café e Chocolate

Se a vida te der limões, faz limonada... se a vida te der bolacha Maria com fartura, faz bolo de bolacha... E atrevo-me a dizer que este é o melhor bolo de bolacha do mundo! Não é de ânimo leve que faço esta afirmação devo dizer... este bolo bolacha é cremoso, intenso e completamente viciante, com uma camada de chocolate intenso e crocante a contrastar... é melhor não me alongar mais, vocês já perceberam a ideia certamente!

E garanto-vos que não há melhor sobremesa para celebrar a data de hoje, o Dia Mundial do Café!


Salmão Assado com Molho de Mostarda e Queijo Gratinado

Adoro salmão… além de ser um peixe relativamente barato (e com poucas ou nenhumas espinhas, se optarem por lombos), faz muito bem à saúde (rico em omega 3), e pode ser confeccionado de mil e uma formas!

Depois de um fantástico empadão de salmão (receita aqui), decidi cozinhar este peixe no forno com uma cobertura meio improvisada com o que havia no frigorífico… e não é que ficou maravilhoso? Acompanhado com uma salada mista e puré de batata, é simplesmente divinal… e tão simples de preparar, tão rápido que ninguém vai acreditar!

Tarte de Oreo com Creme de Chocolate e Avelãs e Morangos

Hoje começa Abril, por isso é sem dúvida o dia das mentiras. E quando vos disser que esta tarte maravilhosa e tentadora demora cerca de 15 minutos a fazer e ainda menos tempo a desaparecer, alguém há-de julgar que é mentira... mas não é!

Pois é, pasmem senhores! Esta tarte é super gulosa... base de Oreo crocante, recheio cremoso de chocolate e avelãs e morangos maduros e sumarentos... que vos farão despender nada mais, nada menos que uns míseros 15 minutos do vosso tempo. E, se a servirem aos vossos convidados, garanto-vos que eles vão pensar que passaram o dia todo de barriga no fogão!

Usufrua de 10% de desconto em qualquer compra no site da Dulcis ao inserir o código BARCAR154 no campo "aplicar cupão", antes de finalizar a sua compra.


Compota de Frutos Vermelhos sem Açúcar

Poucas coisas se comparam à sensação de conforto, de felicidade de fazer uma compota caseira... são feitas com as frutas mais doces, mais sumarentas e maduras, são mantidas debaixo de olho como filhos pequenos, são tratadas com cuidados, com amor... e são simplesmente deliciosas! E são tão simples de fazer que valem certamente a pena!

Mas costumam ter, por norma, quantidades absurdas de açúcar... não é o caso desta. Esta compota não será como as outras, não terá ponta de açúcar, mas sim stevia (apenas se forem muito gulosos, como eu!). A stevia é um adoçante natural sem calorias, e é cerca de 300 vezes mais doce do que o açúcar de cana, sendo por isso um excelente substituto!

O ideal será que no Verão aproveitem a fruta mais madura e congelem (morangos, amoras, mirtilos, etc), evitando assim o desperdício. Deste modo têm sempre a fruta mais doce e sumarenta para, ao longo do ano, preparem sumos, batidos, compotas, enfim! Todavia, senão tiverem essa oportunidade, podem usar frutos vermelhos congelados que, para mim, têm alguns inconvenientes: não são tão doces e são mais ácidos.


Bolo de Limão

Por vezes esquecemo-nos de apreciar os pequenos prazeres da vida... e são esses que nos trazem verdadeiros momentos de felicidade! São momentos tão simples, mas tão especiais! São aqueles que recordamos, ano após ano, com saudade e carinho... e para acompanhar porque não um bolo igualmente simples, mas também delicioso?

Um bolo de limão simples, rápido e muito fofo... com um intenso sabor a limão e uma cobertura brilhante e doce, com aquele azedinho do limão... a acompanhar uma chávena de chá e mais um pequeno prazer somado.

Brownies de Chocolate e Oreo Golden

Para mim Oreo é uma das melhores bolachas do mundo! Durante muito tempo encontrei conforto na comida, mais especificamente nestas bolachinhas de chocolate com recheio de baunilha... sempre que tinha um dia mais difícil chegava a casa, sentava-me no sofá com uma chávena de leite frio e um pacote de Oreo e tudo parecia mais doce, mais colorido!

Recentemente surgiu uma nova variedade de Oreo, desta vez sem chocolate, a Oreo Golden, uma bolacha dourada e crocante com um intenso sabor a baunilha... quando fui seleccionada para ser embaixadora da Youzz nem quis acreditar! Eu, que adoro Oreo ia puder partilhar com amigos e familiares esta última novidade! Além de distribuir pacotes (e felicidade!) não consegui também resistir a incluir estas bolachas em algumas receitas... a primeira delas uns gulosos brownies de chocolate... para saborear e se lambuzar!

Ovos Mexidos com Salmão Fumado

Creio que isto acontece com toda a gente... adoro fins-de-semana! Acho que ninguém diz "bolas, é quase fim-de-semana, que chatice!", por isso todos nós temos algo em comum. O que pode diferir são os motivos pelos quais adoramos verdadeiramente os fins-de-semana... e o que eu mais gosto é de puder acordar sem despertador.

Nunca fui de dormir até tarde, de acordar quase ao meio-dia, dormir e dormir até mais não... antes pelo contrário, sempre fui madrugadora, acordar cedo nunca foi problema para mim! Mas o tempo passa e, principalmente com este frio, torna-se cada vez mais difícil acordar cedo, ouvir aquele barulho irritante do despertador, que insiste em tirarmos dos lençóis bem quentinhos!

Outra coisa que adoro nos fins-de-semana, particularmente aos domingos, é puder tomar ou não pequeno-almoço, consoante a vontade, e puder deliciar-me, tardiamente, com algo mais reconfortante... como estes ovos mexidos que são de outro mundo! Super fáceis de fazer (claro!), deliciosos e perfeitos para manhãs solarengas de inverno... ah, e são saudáveis também, muito saudáveis!




Ovos Mexidos com Salmão Fumado
(adaptação de Receitas Saudáveis, de Jamie Oliver)

Ingredientes:
  • 1 fatia de pão de sementes de linhaça
  • 2 fatias de salmão fumado
  • 2 ovos caseiros
  • 1 colher de sopa de leite meio gordo
  • mistura de 5 pimentas Margão q.b.
  • endro (ou aneto) Margão q.b.
  • azeite q.b.
  • sal q.b.

Preparação:
1. Numa taça bata os ovos com o leite, temperando com sal, pimenta e endro a gosto. Adicione o salmão fumado, cortado em pedaços e misture.
2. Leve ao lume uma frigideira anti-aderente com um fio de azeite e deixe aquecer ligeiramente.
3. Deite os ovos na frigideira, mexendo de 10 em 10 segundos, até ficarem a gosto.
4. Sirva os ovos mexidos, ainda quentes, sobre a fatia de pão de sementes de linhaça torrado.

Acompanha-nos também em: